cab1.jpg

Renate Jost de Moraes

RenateRenate Jost de Moraes, nasceu em 17 de janeiro de 1936, em Pelotas-RS e faleceu em Belo Horizonte, em 05 de fevereiro de 2013. Residiu em Belo Horizonte desde 1979. Foi criadora do Método ADI/TIP – Abordagem Direta do Inconsciente/Terapia de Integração Pessoal. Foi graduada e pós-graduada (Latu Sensu) em Psicologia pela PUC-MG, tendo realizado ainda o curso de Serviço Social e Enfermagem. Residiu muitos anos em Brasília-DF, onde foi membro do Conselho Nacional de Serviço Social em Brasília (atual CNAS).

Em 1986 instituiu a Fundação de Saúde Integral Humanística – FUNDASINUM, centro de pesquisa e desenvolvimento do Método ADI/TIP, escola de formação de especializados nessa metodologia e também centro de atendimento psicoterápico a pacientes em estado de vulnerabilidade social.

Escreveu os livros “As Chaves do Inconsciente” (Editora Vozes – 27ª Edição – 411 páginas) e “O Inconsciente sem Fronteiras” (Idéias Letras – 12ª Edição – 574 páginas) e o livro "A Interioridade Humana - Uma Ponte da Ciência à Transcendência - Sinopse", o qual entreguou pessoalmente à Sua Santidade Papa Bento XVI durante sua visita ao Brasil em maio de 2007.


Com seu marido Rafael, encabeçou o Movimento Familiar Cristão, atuando intensamente junto a casais, noivos, famílias, colhendo vasta experiência neste campo. Foi distinguida com a medalha de ouro e o título de “Singular Benfeitoria da Causa Cristã” em 1970, pelo Papa Paulo VI.

Participou de diversos congressos de Bioética na Holanda (1983) e de diversos Congressos de Logoterapia no Brasil, Argentina e Alemanha. Como conferencista, vem apresentando palestras sobre a sua experiência e os resultados de sua pesquisa, desde 1982 e realizando conferências no Brasil e no exterior. Ministrou cursos em Portugal, na Alemanha e na Áustria, ocasião em que apresentou seus trabalhos no II Congresso Mundial de Psicoterapia – WCP (1999). A convite do Jornal Zaman, esteve em Stambul, Turquia, para entrevista coletiva e apresentação de seu trabalho. Foi convidada também para proferir conferência sobre o método ADI/TIP no Congresso Latino Americano de Psicoterapia, no Chile (2000). Proferiu conferências em Seminários Nacionais de Ética em Pesquisa, expondo suas descobertas sobre o momento inicial da consciência de ser na gestação e sobre outras  realidades humanísticas universais reveladas pelo inconsciente pesquisado.

Renate Jost de Moraes criou outras aplicações da ADI, entre os quais cumpre destacar o curso  “ADI – orientadores”, para leigos, psicólogos, educadores, médicos e outros profissionais em relação às informações reveladas a partir da pesquisa direta do inconsciente. Presidiu o conselho curador da Fundação de Saúde Integral Humanística (FUNDASINUM), instituída pela mesma, foi diretora da TIP Clínica, mantenedora desta Fundação, membro efetivo do Comitê de Bioética e Biodireto da Universidade de Alfenas-MG, consultora do Comitê de Ética em Pesquisa e professora voluntária do departamento de psicologia da Universidade Sagrado Coração de Jesus (Bauru-SP) dedicou sempre grande parte de seu tempo para o atendimento gratuito a carentes, palestras, publicações científicas, concedendo entrevistas a rádios, jornais e televisão

O Método ADI/TIP foi selecionado para concorrer ao Prêmio Mundial de Descobertas Científicas do Cérebro, promovido pelo Departamento de Estudos do Cérebro da Universidade Louisville, (EUA).